CFM: 4 regras do marketing médico para divulgar seu consultório

O marketing médico deve ser feito de forma espontânea e sem apelações comerciais. Além disso, devido às particularidades do processo, as condutas devem atender às regras do Conselho Federal de Medicina quanto aos valores éticos embutidos em qualquer divulgação do consultório.

Para te ajudar a entender isso melhor, fizemos este post mostrando 4 regras que devem ser respeitadas para evitar transtornos éticos. Confira agora e veja as possibilidades para inserir o marketing médico com parcimônia e efetividade!

1. Resultados clínicos dos procedimentos

Um médico dentro de um consultório jamais deve expor a identidade do paciente para mostrar os resultados de um procedimento aplicado. A publicação de imagens do tipo “antes” e “depois” e a recomendação para procurar um especialista devem ser descartadas definitivamente.

Da mesma maneira, não é permitida a publicação de procedimentos clínicos por outros profissionais que tenham feito parceria com médicos. Ou seja, está vetada também a divulgação de uma técnica cirúrgica que será respaldada pelo médico, configurando assim um vínculo profissional.

Por outro lado, o que pode ser explorado no marketing médico de forma ética são as técnicas mais utilizadas e indicadas para as enfermidades em questão (desde que não sejam feitas promessas de cura), considerando o perfil do paciente e as condições para realização do procedimento.

2. Utilização adequada das redes sociais

O Conselho Federal de Medicina (CFM) proibiu também a publicação de selfies (autorretratos) em ambientes de trabalho, registrando o processo ou acompanhando um procedimento cirúrgico.

VEJA TAMBÉM:  Afinal, como funcionam os laudos on-line?

Também são passíveis de autuação os profissionais que fizerem propaganda de produtos médicos e não médicos, estendendo a atuação para gêneros alimentícios e produtos de limpeza.

Dentro do limite recomendado por essa entidade médica, é possível a publicação de posts com conteúdo de saúde em linguagem acessível ao público, sem sensacionalismo nem tendência para divulgar um tipo de tratamento específico.

Nesse sentido, as técnicas de marketing de conteúdo, quando bem aplicadas e em concordância com as normas do CFM, podem favorecer um número maior de visualizações de páginas dos consultórios médicos, que atualmente podem fornecer o endereço e telefone da empresa.

3. Divulgação do currículo do médico

A formação acadêmica do médico pode ser divulgada ressaltando suas titulações e prêmios, desde que todas sejam reconhecidas pelo CFM e o profissional tenha registro na especialidade mencionada.

Em casos de entrevistas médicas, é permitindo o esclarecimento de assuntos pertinentes, mas sem direcionamento para um tratamento específico. Nesse contexto, a função do médico é educar a sociedade e esclarecer mitos ou inverdades que circulam nas redes sociais.

O melhor marketing médico ainda continua sendo o atendimento humanizado ao paciente. Os profissionais clínicos devem mostrar que a abordagem humanística da consulta aliada aos conhecimentos clínicos garantirá um bom atendimento.

4. Serviços inovadores de marketing médico

Devido ao advento dos recursos tecnológicos, à evolução dos conhecimentos médicos e das técnicas adequadas para sensibilizar o cliente, existem propostas de marketing que podem ser aplicadas em consultórios médicos

VEJA TAMBÉM:  Telemedicina x telessaúde: você sabe qual a diferença?

Serviços como agendamento online de exames e consultas, lembretes sobre os atendimentos e emissão de laudos médicos online são comodidades que melhoram a percepção do paciente.

Além disso, um ambiente confortável e agradável também são estratégias de marketing que contribuem muito para a fidelização dos pacientes.

E você, está implantando alguma técnica de marketing em seu consultório? Ainda está estudando o assunto? Então não deixe de conferir também como melhorar o mix de serviços da sua clínica!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *