Como conseguir uma segunda opinião médica em exames?

A segunda opinião médica em exames é um direito assegurado pelo paciente que necessita de mais argumentos sobre o diagnóstico recebido. Às vezes ela será corroborada pelo segundo profissional, o que endossará uma decisão clínica, ou será refutada, o que causará uma grande ansiedade.

Atualmente, a segunda opinião médica vem acompanhada de melhores recursos tecnológicos para apurar detalhadamente um exame, o que apresenta uma grande vantagem se comparado apenas aos olhares atentos dos profissionais.

Por isso, para conseguir uma segunda avaliação é importante estar atento a algumas questões que serão detalhadas a seguir. Continue a leitura e saiba mais!

Por que solicitar uma segunda opinião médica em exames?

Ao solicitar uma segunda opinião médica em exames, o paciente possivelmente necessita de embasamentos clínicos do que o foi dito anteriormente. Também acredita que outros exames poderão ser solicitados para comprovar a suspeita diagnóstica.

Por isso, o paciente que solicita uma nova interpretação do seu exame na realidade gostaria de saber se existem recursos tecnológicos mais específicos para identificar a doença em questão. Nesse quesito, cabe ao segundo médico avaliar não somente os exames, mas todo o histórico clínico e medicamentoso do paciente.

O que esperar de uma segunda interpretação dos exames?

O paciente que procura por um segundo médico para interpretar os exames realizados pode se frustrar com as orientações recebidas. Isso porque em algumas situações clínicas é pouco provável suspeitar de outra hipótese diagnóstica com base nos resultados apresentados.

VEJA TAMBÉM:  Qual é o status da telemedicina no Brasil?

Também pode acontecer do exame ser inconclusivo, e nesse caso, o segundo avaliador clínico solicitará métodos mais específicos para clarear as suspeitas diagnósticas dos profissionais envolvidos.

O importante é que o paciente esteja aberto a receber informações em uma segunda avaliação que nunca foram apuradas ou certificar-se do primeiro diagnóstico, por mais que seja difícil de assimilar em algumas situações.

Que práticas são usadas para prover uma segunda opinião?

Quando se pensa em segunda avaliação em exames, certamente o paciente vai buscar outro profissional de saúde por indicação de conhecidos e familiares ou marcando uma consulta com o médico das operadoras de planos privados.

O que muita gente desconhece é que uma nova interpretação de exames clínicos pode vir por meio das práticas de telemedicina. A telemedicina é uma especialidade médica que pode ser utilizada para encurtar distâncias entre médicos e pacientes por meio da tecnologia.

Um das práticas a telemedicina é a transmissão de informações de saúde por meio da videoconferência. Especialistas clínicos renomados podem opinar sobre um tratamento mesmo estando distante geograficamente.

Além disso, a emissão de laudos médicos on-line pode facilitar a visualização dos exames pelos pacientes e garantir eficiência na entrega do diagnóstico com a qualidade visual dos resultados impressos.

A troca de experiências clínicas pela internet e os avanços em emissão de laudos médicos on-line associados ao elevado conhecimentos dos médicos poderão garantir prognósticos com maior poder de acurácia.

VEJA TAMBÉM:  As vantagens de utilizar o neuromarketing em seu laboratório

A segunda opinião médica em exames vem com o propósito de sanar as dúvidas que os pacientes observaram ao receberem o primeiro diagnóstico. Como é um direito assegurado pelo paciente, é importante estar preparado para a confirmação ou a negação do diagnóstico. Além disso, é importante buscar uma segunda avaliação com profissionais que utilizam recursos inovadores tais como a telemedicina ou condutas diferentes.

E você, já ouviu uma segunda opinião médica? Observou alguma prática inovadora na interpretação do resultado? Entre em contato conosco e saiba mais sobre o assunto!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *