Entenda como funciona o laudo de ECG à distância

Eletrocardiograma é um exame básico comumente solicitados por médicos cardiologistas, por possibilitar avaliação geral da saúde cardíaca do paciente e detecção de grande diversidade de problemas cardíacos.

Telemedicina é um termo utilizado para definir atividades médicas realizadas à distância. Atualmente, é possível laudar exames à distância, agilizando toda a operação e possibilitando maior praticidade ao paciente. Como exemplo o eletrocardiograma à distância (telemedicina), um dos novos padrões do mercado, que, através da telemedicina, deixa a equipe de cardiologistas mais “acessíveis”, evitando deslocamento do paciente e dos médicos. Preparamos este post para mostrar como essa tecnologia vem revolucionando o mercado de eletrocardiograma!

Como é feito o laudo ECG à distância?

Médicos sabem que quanto mais precoce a detecção de um problema cardíaco maiores são as chances de reversão. Assim, qualquer ajuda que facilite o processo, dê mais agilidade e elimine barreiras do paciente é fundamental, não é mesmo?

A realização de exames e laudos ECG à distância proporciona enorme rapidez e incalculáveis benefícios, tanto ao médico quanto ao paciente. O paciente terá mais disponibilidade de clínicas e laboratórios que realizam o exame consequentemente receberá melhor atendimento, por conta da maior demanda, e, menos “inércia” de ir realizar o exame e, além disso, terá o exame laudado em tempo récorde, muitas vezes em menos de 30 minutos. Ainda está em dúvida sobre a telemedicina? Então pense: quantas serão as vidas salvas através deste avanço tecnológico?

As vantagens da telemedicina

Países de primeiro mundo, como, por exemplo os Estados Unidos, já adotam massivamente essa tecnologia, que já é tendência global. Se avaliarmos a evoluções da medicina clínica nas últimas décadas, especialmente pensando em infraestrutura, tecnologia e processo, a telemedicina pode se considerar um marco. Através da telemedicina é possível  economizar com a remuneração de médicos especialistas, reduzir a demanda de plantões, aumentar a gama de serviços da unidade de saúde, focar a equipe médica em atividades mais importantes e tudo isso mantendo igual ou melhor qualidade no laudo.

Mas lembre-se que a telemedicina ECG é apenas uma das diversas possibilidades da telemedicina, que a cada dia que passa proporciona novas inovações e facilidades médicas.

Porque investir em aparelhos com telemedicina?

A pergunta é: por quê não, investir em telemedicina?

Diversas unidades de saúde se convenceram e adotaram a Telemedicina, assim isso vem se tornando padrão de mercado. Uma vez que os pacientes tenham se acostumado a resolver todas as suas questões de saúde numa única unidade de saúde, consequentemente não atuar com telemedicina irá influenciar negativamente em sua avaliação de satisfação. Mas e se eu contratar um cardiologista para laudar? Com o aumento da demanda, a Telemedicina reduzirá valores de forma compensadora, não haverão suficientes profissionais cardiologistas para atender todas as pontuais clínicas, e mesmo havendo, altos serão os valores cobrados em comparação a Telemedicina.

Além do exame de eletrocardiograma existem diversas outras possibilidades, como a realização à distância de exames de espirograma, radiograma, eletroencefalograma. Por isso, recomendamos o investimento na Telemedicina, mas, se não quiser comprar o equipamento que tal realizar um comodato? Com o cenário de crise atual, inovação é o diferencial.

Viu só como a os laudos de ECG à distância e a telemedicina facilitam ainda mais o dia a dia dos médicos e pacientes de sua clínica? Então não perca tempo, entre em contato conosco e conheça nossas soluções em telemedicina. Comente o que você achou e compartilhe nas redes sociais!

VEJA TAMBÉM:  Curavac: entenda a cicatrização a vácuo
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *