Telemedicina otimizará recursos do SUS

Ricardo Barros, atual Ministro da Saúde, em uma visita a cidade do Recife para encontro com líderes empresariais, informou publicamente que sua principal prioridade é informatizar a medicina brasileira. Prometeu disponibilizar recursos para investir na área, porém não se comprometeu com nenhum prazo.

Citou também duas de suas principais iniciativas, que, segundo ele, serão adotadas pelo ministério da saúde, como: a utilização da telemedicina, permitindo aos médicos, por meio de videoconferências, falar com especialistas durante as consultas nos postos de saúde e os prontuários eletrônicos, que serão adotados para todos os pacientes do SUS.

Com a telemedicina, Ricardo Barros acredita que o número de pacientes que são encaminhados aos hospitais brasileiros com média e alta prioridade reduzirá:

“Médicos da saúde básica encaminham mais de 35% dos pacientes para outros atendimentos. Precisamos diminuir para 20%. Assim, reduziremos a fila de quem realmente precisa de atendimentos complexos”.

Segundo o ministro, o serviço de telemedicina já foi implantado em Santa Catarina e obteve o sucesso esperado. Assim, uma vez validada, esta experiência também será replicada, pelo ministério, a outros estados do pais.

Viu como a telemedicina está cada vez mais presente, e ajudando a melhorar a vida de milhões de pessoas?! Deixe seu comentário, com alguma dúvida, sugestão e até com sua opinião sobre este projeto!

VEJA TAMBÉM:  Telecardiografia: entenda como é elaborado o diagnóstico
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *